Firma de Carl Icahn reduz dividendo em 50% após ataque de vendedor a descoberto, ações caem

Icahn's firm cuts dividend by 50% after short-seller attack, stocks drop.

4 de agosto (ANBLE) – A empresa de investimentos de propriedade de Carl Icahn, Icahn Enterprises (IEP.O), reduziu pela metade seu pagamento trimestral na sexta-feira, meses depois de a empresa de venda a descoberto Hindenburg Research acusá-la de operar uma estrutura “semelhante a um esquema Ponzi” para pagar dividendos.

As ações da empresa caíram 34% nas negociações iniciais, devendo-se somar à queda de 35% desde que a empresa de venda a descoberto divulgou sua posição em 2 de maio.

A Hindenburg disse na sexta-feira que ainda está vendida na empresa, em uma postagem na plataforma de mensagens X, anteriormente conhecida como Twitter.

Icahn é um dos investidores ativistas mais conhecidos do setor, pois ele enfrentou várias empresas que acreditava estar supervalorizadas, mas o ataque da Hindenburg representa um desafio raro para sua própria empresa.

“A Icahn Enterprises eventualmente vai cortar ou eliminar totalmente seu dividendo, a menos que ocorra uma reviravolta milagrosa no desempenho dos investimentos”, disse a Hindenburg quando anunciou sua posição vendida.

A Icahn Enterprises informou na sexta-feira que distribuirá $1 por unidade depositária aos seus investidores no segundo trimestre, valor menor do que o pagamento usual de $2 por unidade.

Icahn negou as acusações e prometeu “revidar” contra o relatório da empresa de venda a descoberto, e na sexta-feira atacou novamente a Hindenburg.

“Não pretendemos permitir que um relatório enganoso da Hindenburg interfira nesta prática (de distribuir dividendos)”, disse a Icahn Enterprises em comunicado.

O bilionário anunciou no mês passado que reestruturou $3,7 bilhões em empréstimos pessoais para remover a conexão entre sua obrigação de fornecer garantias e o preço das ações de sua holding, na tentativa de desfazer o dano causado pela empresa de venda a descoberto.

A empresa informou um prejuízo líquido de $269 milhões, ou 72 centavos por unidade depositária, nos três meses encerrados em 30 de junho, valor muito superior ao prejuízo de $128 milhões, ou 41 centavos por unidade, do ano anterior.